17/03/2022

RESENHA: MEU CHEFE INDECENTE




Título: Meu chefe indecente
Autor(a): Scarlett Salvage
Número de páginas: 450
Editora: Pitangus
Sinopse: Julia é uma mulher decidida, dona do seu nariz e de todos os seus boletos. Trabalha muito é competente e sabe disso. Tem um emprego razoável, que paga suas contas.
Auto confiante, dedicada e competente nada a abala.

Exceto Vinicius, que tem o poder de, com poucas palavras, acabar com sua resistência.

Vinicius é um chefe arrogante, grosseiro e lindo. Um cara complicado e mal humorado. Nada está bom o suficiente para ele, que odeia funcionários com resposta para tudo.

Mas o que Julia e Vinicius não sabem é que muitas coisas na vida não passam de aparências, e que as aparências enganam a todos. A química entre os dois é forte demais para ser ignorada e, em uma viagem a trabalho, tudo pode mudar. Só tem um probleminha...

Julia não está apaixonada por ele.
Jura, Julia?

''Eu, um cara que já viajou o mundo todo, encontrei na curva do pescoço de uma mulher o melhor lugar do mundo. Puta que pariu, estou mesmo apaixonado.''

 

Voltei rápido e já com outra resenha de um enemies to lovers. Nessa obra temos aquela famosa relação chefe-funcionária, com aquele estilo bem gato e rato meeeesmo! Júlia trabalha para Vinícius e tem que lidar com o seu jeito arrogante e grosseiro todo santo dia. Sabe quando alguém parece estar sempre de mau humor? Pois bem, esse é o Vinícius.


Júlia não é aquela mocinha frágil e insegura, ela é uma mulher decidida e dona de si, que realmente não leva desaforo pra casa, além de, claro, uma ótima profissional. O que eles não sabem, é que, mesmo com aquela relação conflituosa, um nutre pelo outro uma paixão secreta. Para Júlia, ele é o chefe grosseiro que nunca está satisfeito com nada e esse fato fazia ela se remoer de raiva por, apesar disso, sentir-se tão atraída por ele. E ele, bem... tinha que lidar com o fato de ser unicamente o seu chefe, porque aparentemente era só assim que ela o via. Um parecia muito inacessível para o outro.


O jeito dele realmente é reprovável, mas eu também reprovei bastante o comportamento das pessoas que trabalhavam para ele. Muitas vezes pareciam querer provocá-lo e ali deveria haver mais respeito e com certeza profissionalismo, mas às vezes as respostas eram mal educadas demais. Ambiente de trabalho exige uma postura. Hellooo!


Uma viagem une os dois e fica cada vez mais impossível negar a química existente entre eles. Dessa vez temos uma diferença, não é ele quem reluta em ter uma relação mais séria, é ela, que não consegue esquecer e deixar de lado que ali naquele homem também está a figura do seu chefe. Era a mesma pessoa, afinal.


Eu queria que as coisas tivessem sido mais lentas, não o envolvimento em si, mas o sentimento mesmo, achei que o ''amor'' surgiu muito rápido. Apesar disso, por um lado é bom, porque eles ficam juntos logo, então podemos aproveitar o casal passando pelas fases calmas e tortuosas lado a lado.


Outro ponto são os plots twists. O que me surpreendeu bastante é que o enredo foge do clichê. Muitas coisas acontecem em um curto espaço de tempo e são totalmente imprevisíveis. Aqui há várias reviravoltas, mas algumas soavam coincidência demais, até mesmo exagerado. Parece que tudo estava interligado e isso não achei bacana. Outra coisa que não me agrada é essa necessidade da Júlia de contar para a amiga tudo o que acontece com ela. Tem cena que ela simplesmente deixa o Vinícius lá e diz que precisa ligar para a amiga para contar exatamente o que se passou. Eu fiquei: Não, Júlia. Não precisa. kkkk


A Júlia vai descobrir que, embaixo daquela casca dura, há um homem gentil como ela nunca antes viu e Vinícius está disposto a fazer de tudo para darem certo. 


Você já leu esse livro? Gosta desse estilo chefe-funcionária? Se conhecerem outras obras nesse estilo, falem aqui.


Beeeijos!

16/03/2022

RESENHA: NAMORADO ARROGANTE




Título: Namorado arrogante
Autor(a): Claire Kingsley
Número de páginas: 260
Editora: L3 Book Publishing
Sinopse: Essa história de dividir a casa não vai dar certo.

Kendra é uma mulher atrevida que sempre está com o cabelo bagunçado e tem uma paixão por calças de pijama. A primeira coisa que ela faz é tentar ficar amiguinha da garota que peguei à noite passada, dando a ela uma impressão errada da situação.

Eu não namoro. Não uso palavras do tipo “namorada” ou “digo que mandarei mensagem mais tarde”. Eu não curto relacionamentos. Dou às mulheres uma noite que elas jamais esquecerão, mas quando acaba, eu caio fora.

Mantenho as pessoas afastadas e tenho minhas razões, só que Kendra começa a me atingir. E quando a minha vida vai pelos ares, literalmente, ela é a única pessoa com quem posso contar.

Relacionamento não é a minha praia, e Kendra não é uma mulher de uma noite só. Morar com ela dormindo no quarto ao lado poderá acabar comigo.

''Se deixarmos que isso aconteça, vou me apegar a você de uma maneira que você não quer.''

 

Quem aqui não ama um enemies to lovers? Aqui conhecemos Weston e Kendra. Ela é aquela mulher que está sempre disposta a ajudar os outros. Bem humorada, gentil, doce e de coração gigante, ao passo em que o Weston é aquele que, quando se trata de matéria do coração, prefere manter todos fora do seu. 


Em livros assim, muitos começam nutrindo aquela raiva enorme pelo personagem, porque, como já é de se presumir, ele tem atitudes bem grosseiras e babacas com as mulheres. Com aquela história de não querer se apegar a ninguém, ele as trata como se fossem descartáveis, não querendo nada mais do que uma noite com elas. Depois disso, bye bye


A verdade é que: eu AMO esse clichê.


''Há um pedaço de mim que quer fugir, como se estivesse tentando tocar uma chama e, se chegar muito perto, vou me queimar. Mas ela está no centro do fogo, e agora estou desejando seu calor.''

 

Essa história de nunca querer se apegar e depois cair de amores por ela é quase sempre uma tacada muito certa e aqui foi demais. Esse é o segundo livro da série Irmãos Lawson, mas já é mania minha mesmo ler ser fora de ordem, por isso comecei pelo segundo.


O destino acaba colocando Weston junto à Kendra quando este precisa de um local para ficar enquanto a sua casa está reformando. Ele precisa de um local e ela precisa de um colega de quarto para ajudar nas despesas. Parece a coisa certa, principalmente porque Weston não é um desconhecido, ele é amigo do seu irmão e é justamente ele quem o indica. 


Ou seja, pegue um enemies to lovers e ainda coloque os dois sob o mesmo tempo. Imaginam o que vem por aí, não é?


A escritora da autora é muito fluida. Eu terminei o livro em poucas horas porque essa obra é dessas que você lê rapidamente. O enredo não demora a prender e nem fica naquela monotonia, a autora constrói bem os personagens (até mesmo os secundários) e conseguimos não só identificar com facilidade a personalidade deles, como também, observar a evolução do Weston no que diz respeito aos seus sentimentos, modo de pensar.


''Ela se apega a mim com a mesma força. É como se nós dois precisássemos disso, a garantia um do outro. Que isso é real. Que nenhum de nós dois vai a lugar algum.''


Weston traz seus próprios traumas e problemas, é por isso que você nunca pode julgar alguém de cara. Ninguém sabe o que o outro passou para lidar com as coisas de determinada maneira. O jeito espontâneo, natural e até mesmo aconchegante (dessas pessoas que nos faz bem só por estarem por perto) da Kendra o pega de surpresa e quando ela continua o tratando bem, mesmo quando ele não merecia, é algo que o pega forte como um baque de surpresa. O casal tem MUITA química, é perfeito vê-los juntos.


É o tipo de livro que você lê com afinco até as notas finais. A autora consegue nos prender e a escrita dela cativa demais. Com certeza vou querer ler os outros da série.


Já leram esse livro? Também gostam de um enemies to lovers? Quais vocês recomendam (de enemies to lovers e friends do lovers)?

15/03/2022

COMO ECONOMIZAR COMPRANDO ONLINE


Oooi, gente! Quem não ama economizar ainda mais nas compras pela internet, não é? Aproveitando que estamos na semana do consumidor (hoje é o dia do consumidor, para ser mais específica), vou falar agora uma das melhores maneiras de poupar ainda mais dinheiro, que é usando cupom de desconto.


- CUPOM.ORG

O site foi lançado em 2010 (pioneiro no Brasil, viu?) e, desde então, vem trazendo uma série maravilhosa de cupons das mais variadas lojas. Há diversas lojas conhecidas e super procuradas, então você pode conferir se aquela que deseja comprar está por lá.

Uma das perguntas mais importantes e que todos se fazem: FUNCIONA?

E a resposta é: SIM! Demais! 

O cupom.org é confiável e você pode utilizar sem medo. E o melhor, sem burocracia na hora de pegar a oferta.

Para isso, é muito simples. Basta você selecionar a loja, analisar as regras e escolher o cupom desejado. Na parte direita, vai aparecer a opção ''PEGAR CUPOM''. É rápido, fácil, e você ainda tem como conferir a porcentagem de sucesso de uso. Bom demais, não é?

Já estão conferindo as ofertas do dia? Já usaram cupom da cupom.org?

Advogada, escritora, resenhista crítica literária, embaixadora da Editora Hábito, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Encontre no blog

EMBAIXADORA

EDITORAS PARCEIRAS

QUERIDINHOS DO MÊS

PARCERIA COM AUTOR

PARCERIA COM AUTOR

Me siga no instagram

Moradores de Masen

Arquivos

PROM DRESSES

Pode falar comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!




Tecnologia do Blogger.