01/02/2022

VAMOS FALAR SOBRE A VIDA INVISÍVEL DE ADDIE LARUE




Título: A Vida Invisível de Addie LaRue
Autor(a): Victoria Schwab
Número de páginas: 504
Editora: Galera Record
Sinopse: Uma vida que ninguém lembra. Um livro que ninguém esquece.
Em A vida invisível de Addie LaRue, o aguardado best-seller de V.E. Schwab, conheça Addie e se perca em sua vida invisível — porém memorável.

França: 1714. Addie LaRue não queria pertercer a ninguém ou a lugar nenhum. Em um momento de desespero, a jovem faz um pacto: a vida eterna, sob a condição de ser esquecida por quem a conhecer. Um piscar de olhos, e, como um sopro, Addie se vai. Uma virada de costas, e sua existência se dissipa na memória de todos.
Após tanto tempo vivendo uma existência deslumbrante, aproveitando a vida de todas as formas, fazendo uso de tantos artifícios quanto fosse possível e viajando pelo tempo e espaço, através dos séculos e continentes, da história e da arte, Addie entende seus limites e descobre — apesar de fadada ao esquecimento — até onde é capaz de ir para deixar sua marca no mundo.
Trezentos anos depois, em uma livraria, um acontecimento inesperado: Addie LaRue esbarra com um rapaz.
Ele enuncia cinco palavras.
Cinco palavras capazes de colocar a vida que conhecia abaixo:
Eu me lembro de você.
Uma jornada inspirada no mito faustiano sobre busca e perda, eternidade e finitude e, acima de tudo, uma questão: até onde se vai para alcançar a liberdade? Best-seller do The New York Times e recomendado pelo Entertainment Weekly, A vida invisível de Addie LaRue é um livro inesquecível e que colocou V.E. Schwab entre as principais autoras de fantasia da atualidade.

''Ser esquecida, segundo ela, é um pouco como enlouquecer. Começamos a perguntar-nos o que é real, se somos reais. Afinal, como pode algo ser real se não pode ser lembrado?''

 

O hype desse livro tá tão tão tããão grande que quase que eu não lia, porque fico sempre com um pé atrás. E, embora eu tenha visto muitos comentários negativos a respeito, resolvi embarcar na leitura. Não dá pra negar que a premissa é muito interessante, essa proposta de uma vida invisível soa surreal e eu adorei a maneira como isso foi pensado. Então já adianto, foi uma leitura que valeu a pena.


Forçada a se casar, Addie LaRue faz um pacto ansiando pela liberdade, querendo viver a sua vida como bem desejar, livre de todas as amarras. Uma vez lhe disseram para ela não fazer pedidos aos deuses que atendem depois do anoitecer. Mas, num ato de desespero, ela o fez. O que Addie não imaginava é que acabaria sendo esquecida por todos que a conheciam ou que viesse a conhecer. Torna-se impossível deixar marcas. Ela não é ninguém. Resumiu-se a um completo nada. Esse foi o preço que pagou pela sua liberdade.


Não tem como voltar atrás. De repente, toda a sua vida muda e ela precisa ir embora. Não é fácil dia após dia carregar o peso de uma quase inexistência. Trezentos anos depois, cruza com uma pessoa que a surpreende dizendo: Eu lembro de você. Esse é o Henry e ele representa bastante na história.


Muita gente diz que o enredo é maçante de início, mas, na realidade, o julguei essencial. É preciso compreender as circunstâncias da situação, o peso das palavras e o que realmente se quer. A personagem se constrói junto com o leitor, a trajetória da Addie soa tão real que chega a ser penosa. É triste e ela faz de tudo pra não se render. Sua vida ficou uma porcaria, parecia uma piada de mau gosto. Temos vontade que ela nos escute só para que possamos falar: Eu lembro de você! Nós lembramos de você!


O enredo é diferente, inovador e complexo. A linguagem é rebuscada em algumas partes da narrativa, mas ela foi bem construída. A escrita tem um ar poético também. A escrita tem um ar delicado. Há um excesso de informações que vai fazendo sentido aos poucos, talvez por isso muitos tenham considerada a leitura arrastada.


A realidade da sua solidão é pesada e crua. Ela carrega o fardo de ter uma vida invisível, porque, no fim das contas, todos querem ser lembrados.


Eu realmente tô falando desse livro pra todo mundo. Me diz, você já leu? Qual a sua opinião sincera?

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Olá!
    Eu não conhecia o livro, amei tanto a sua resenha que já vou pesquisar preço aqui para comprar seja físico ou digital. A história parece ser mesmo tocante. Amei demais e obrigada por deixar transparecer seu sentimento na resenha, ficou claro que gostou mesmo.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa. Foi uma leitura super diferente mesmo. Isso de não ser lembrada por ninguém é realmente pesada, achei um enredo bem inovador. Espero que goste também!

      beijos

      Excluir
  2. Oi, Anni!
    Eu vejo esse livro em todos os lugares e estou começando a considerar lê-lo.. vou deixar a indicação salva por aqui. Amei o post :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laura!
      Esse livro é incrível, recomendo muito!!

      Excluir
  3. Olá, Anni.
    Esse livro foi minha primeira leitura do ano e amei. Eu sou fã da autora, mesmo que não concorde com seus finais, acho ela super original e seus livros sempre levam a reflexão.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil.
      É bem isso, também não sou muito fã de finais abertos, mas amei a originalidade desse. Esse livro é surreal de incrível, não é?

      Excluir
  4. Oi Anni, esse é um livro que estou querendo muito ler. Mas por conta do hype, estou deixando para o futuro próximo. Que bom que para você o hype valeu a pena. Espero que também valha para mim, hehe.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hanna, eu tava adiando a leitura justamente por causa disso, sempre fico muito cismada quando o hype tá muito grande. Mas acabei lendo e valeu super a pena, espero que a leitura também seja boa pra você.
      beijos!!

      Excluir

Olá, tudo bem?
Anônimo está liberado, seja educado!
Qualquer dúvida e/ou sugestão, você pode entrar em contato comigo através do e-mail dearmasen@gmail.com
Não esquece de seguir o blog ❤
Obrigada!

Advogada, escritora, resenhista crítica literária, embaixadora da Editora Hábito, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Encontre no blog

EMBAIXADORA

EDITORAS PARCEIRAS

QUERIDINHOS DO MÊS

PARCERIA COM AUTOR

PARCERIA COM AUTOR

Me siga no instagram

Moradores de Masen

Arquivos

PROM DRESSES

Pode falar comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!




Tecnologia do Blogger.