11/04/2016

Resenha: #Nerd - Série hashtag

Título: #Nerd
Autor(a): Cambria Hebert
Série: The hashtag 
Editora: Cambria Hebert Books
Número de páginas: 472
Sinopse: Nunca julgue uma pessoa por seu status. Rimmel Hudson não é uma garota comum. Ela não se preocupa com o seu cabelo, roupas, ou a cor de seu brilho labial. Ela é voluntária no abrigo animal local e gasta mais tempo com seus amigos peludos do que com qualquer um com duas pernas. As pessoas são muito críticas, mas os animais amam incondicionalmente. Seu tempo no abrigo é cortado quando ela é avisada que ela tem que começar a tutoriar no campus para manter sua bolsa de estudos em medicina veterinária. Ela diz para si mesma que é tudo parte do caminho para chegar onde ela quer estar na vida. E então, ela conhece a pessoa de quem ela tem que ser tutora. Roman "Romeo" Anderson é provavelmente, o aluno mais bem conhecido em toda a faculdade. Ele é praticamente um Deus do futebol, vindo de uma família de prestígio, correndo na mais popular fratenidade no campus ... E ele não tem nenhuma ideia de sua existência. Rimmel e Romeo são de mundos completamente diferentes. Mundos que normalmente não correm paralelos e nunca se cruzam. Até agora. Romeo não conseguiu o seu nome por ficar em casa na noite de sábado. Quando as mulheres bonitas se atiram em você, você faz a coisa honrosa e dá-lhes um bom tempo. Passar por um tutor era apenas algo que ele tinha que fazer para permanecer na equipe até que ele fosse convocado pela NFL. Romeo nunca pensou que ele ficaria totalmente encantado por Rimmel. Ele nunca pensou que uma menina como ela poderia intrigá-lo como ninguém. Mas, ele não pode namorar uma nerd? Pode? Ele acha que talvez possa. São os outros que têm uma ideia diferente. Com as probabilidades empilhadas contra eles, podem Romeo e Rimmel encontrar uma maneira de trazer os seus dois mundos completamente diferentes juntos, ou, a condição de #nerd da Rimmel, vai ficar em seu caminho?
 
''Meu mundo parecia se chocar com o dela. Nós éramos duas pessoas com vidas completamente diferentes, mas ela me puxou para dentro de qualquer maneira. E agora aqui estava eu, pego. Enlaçado por uma situação essencialmente de minha própria autoria.''

Eu estava quase fugindo desse livro por ter aquela básica impressão de ''ah, que clichê... li várias histórias com essa mesma proposta de enredo''. Porém, muitas vezes é bom dar uma chance, concordam? Ainda bem que não fiquei com aquela primeira impressão e logo me vi arriscando. E amando.

Rimmel é uma garota extremamente inteligente e, graças a isso, conseguiu uma bolsa onde estuda. Como toda boa aluna que se preze, suas notas são sempre exemplares e ela faz de tudo para mantê-las. A personagem é a típica garota certinha. Além de passar uma boa parte do tempo estudando, Rimmel também dedica uma fração ao abrigo de animais do qual é voluntária - tendo os bichinhos como seus únicos amigos. Tá, isso soou meio dramático, mas eu não pude resistir - nem deixa de ser verdade.

E, como sempre tem de aparecer um fato para balançar a vida da mocinha, eis que agora terá de ficar responsável pela tutoria de Roman, mais conhecido como Romeo - o gato, maravilhoso, Deus do campus da fraternidade, cara mais popular dali. Como já era de se esperar nessas histórias, eles são completamente o oposto um do outro, mas como a romântica nata que aqui vos fala: desde quando peças iguais se encaixam?

De fato é sim uma história clichê, porém, a maneira como a autora soube conduzir os fatos é o fator que lhe dá um diferencial. Mil podem escrever a respeito do mesmo assunto, mas não é do que se escreve, é como se escreve que irá dar um destaque para o texto. Mesmo quando temos uma noção do que irá acontecer posteriormente, o leitor ainda é conduzido a amar o fato, sendo presenteado com uma leitura digna de ser apreciada.

''Eu amo seus óculos, sua falta de jeito, seu cabelo selvagem, até mesmo a maneira como você ronca quando você ri. Eu te amo, apesar de você mesma, Rim. Não é possível você me amar, apesar de mim mesmo?''

Não há muito o que falar, porque é uma história que só pela sinopse dá para ter uma plena noção do que vai acontecer. É uma leitura rápida, de escrita agradável, que traz um desenrolar das cenas sem grandes enrolações. É clichê? É. Contudo, um clichê que vale a pena. 

Quem está querendo sair de uma ressaca literária aqui também é uma grande dica. Um livro de clima leve, sabe? Bem cenário adolescente, estava sentindo falta de uma leitura assim ultimamente. Já conheciam?

''Você sabe o que eu acho? Eu acho que você está com medo. Eu acho que você está com medo de me amar.''    

Annielly Cavalcante. 23 primaveras. Acadêmica de Direito, escritora, perfeccionista, louca por anáforas, metáfora pura e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido todo e qualquer tipo de cópia. Plágio é crime!


Se você detém o direito sob quaisquer das imagens aqui postadas, favor entrar em contato.
dearmasen@hotmail.com





Tecnologia do Blogger.