19/01/2016

Resenha: Johnny Bleas – Um novo Mundo

Título: Johnny Bleas - Um novo mundo
Autor(a): João Gabriel Brene
Editora: Pandorga
Número de páginas: 216
Sinopse: Órfão de pai e mãe, Johnny Bleas, tem uma vida confortável com seus tios, os Case, em uma fazenda no interior do estado. Até que ao acordar certa manhã e depara-se com a horrível cena de assassinato dentro de sua própria casa, a sincronia da sua vida se desfez e seu mundo começa a girar em meio a inesperadas desventuras. O triste som da morte abre as portas para algo que Johnny nunca poderia imaginar. Com o descuido de um passo em falso, ele é levado a uma nova dimensão, um novo mundo onde gnomos, castelos e piratas são apenas o começo. Um lugar mágico em que os enigmas do seu passado são revelados, onde o oculto que por tanto tempo dormiu, renasce e o assassino é descoberto em uma trama muito maior do que o esperado. Asterium, é o novo mundo, onde cada uma das peças do quebra cabeça se reconstitui, à medida que antigas peças se encaixam, novos mistérios nascem a partir de uma profecia que lhe defronta com o medo e a coragem de encarar um novo destino." 
 
''Não existe certo ou errado, Johnny. Apenas siga seu coração e faça o que tem vontade de fazer.''
 
Um livro que fechado já te encanta (que capa incrível MEUDEUS!) e quando você abre te conquista ainda mais. Essas foram as minhas primeiras impressões a respeito de Johnny Bleas - Um novo mundo. Partindo já dessa parte, não poderia deixar de parabenizar o quanto tudo foi muito bem trabalhado. A capa caprichada nos detalhes, diagramação, bem como as cores das páginas, de forma excelente, o que deixa o livro com um aspecto extremamente intrigante. Já falei que também possui mapas? Exato! Também tem.

Johnny Bleas é um garoto que passa a viver com os tios após a morte de seus pais. Sempre tratado com muito carinho, a vida do menino é rodeada de afeto e ele não tem do que se queixar. Alguns acontecimentos inesperados lhe tomam e é quando a vida do menino Johnny vira de cabeça pra baixo. Literalmente.

''Caíra sentado em um chão duro, de tijolos beges e muita poeira, sentiu sua bunda doer, mas, depois de alguns segundos, sua bunda deixara de ser sua maior preocupação.''

O enredo é muito bem construído, fica nítido o quanto cada detalhe foi pensado e exposto, não deixando nenhuma peça solta. Cada mistério que surge é explicado com clareza posteriormente, instigando ainda mais o leitor. Outro ponto importante que merece ênfase é na desenvoltura dos cenários, muito bem narrados. Com uma escrita leve, teletransporta quem está lendo e faz com que possamos visualizar sem problemas todas as aventuras vividas pelo Johnny.

Há mistérios ao seu redor e uma montanha de responsabilidades lhe é imposta. Quando alguém está disposto a arriscar a sua própria vida em prol do bem dos outros, dá pra confirmar que esta tem uma coragem tão grande quanto o seu coração.

''- Vocês por acaso sabem para que servem as regras?
- Para serem quebradas.''

Como de costume, não vou falar muito a respeito do que acontece porque isso tira todo o suspense. Melhor é ler e descobrir o que vai acontecer, concordam? É um livro que te encanta, te prende e te faz passar rapidamente as páginas sempre ansiando por mais. Para terem uma ideia, em um determinado momento parei a leitura porque senti a necessidade de compartilhar com quem estivesse próximo à mim a ideia brilhante do autor. Isso é jogada de mestre. Não canso de dizer o quanto é incrível.

''O desconforto faz com que possamos evoluir. Muitos procuram sua vida toda por conforto, sendo que o conforto só pode ser valorizado depois do aprendizado. Depois da evolução. Sem o desconforto nunca daremos valor ao que nos é dado pelo universo.''  

Quando uma história é maravilhosa acontece isso, a gente sente a necessidade de compartilhar com quem puder e parece que por mais que você fale, nunca vai ser o suficiente. O autor teve a incrível capacidade de construir um novo mundo. E observem bem, não basta construir um novo mundo, tem que conseguir levar o leitor até ele. E ele consegue. E eu fui. Esse livro é desses que você termina e fica: CADÊ O PRÓXIMO? 

Hey, você pode encontrar o autor em suas redes sociais. Vai lá:
https://www.facebook.com/jgbrene https://twitter.com/jgbrene?lang=pt https://www.instagram.com/jgbrene/  

Annielly Cavalcante. Advogada, escritora, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!


Se você detém o direito sob quaisquer das imagens aqui postadas, favor entrar em contato.
dearmasen@hotmail.com





Tecnologia do Blogger.