16/09/2014

Resenha: O céu é de esmeraldas

Olá! Sensação de alívio, sabe? Está tudo devidamente organizado, finalmente. Leiam agora a resenha do livro ''O céu é de esmeraldas', da autora Vitória Trombetta, parceira aqui do blog:

Título: O céu é de esmeraldas
Autor(a): Vitória Trombetta
Editora: Chiado Editora
Número de páginas: 334

Sinopse: Asterix, futuro planeta Terra. O que conhecemos hoje foi classificado como os Anos Perdidos e o novo futuro é algo completamente diferente. As leis mudaram após uma invasão espacial, os Seres impõem regras e a consequências caso haja problemas é simples: aniquilação total ou parcial. Após um tempo, há um acordo. Só que o está por vir, parece se recusar a ter uma solução. Do outro lado do mundo, Louise e Verônica vivem sem saber das verdades de seu passado. Em meio de olhares e metáforas, a realidade parece não parece ser tão diferente de como é. As descobertas começam a surgir e nenhuma novidade parece ser o suficiente. Enquanto o tempo está acabando cada vez mais depressa, o desespero, as emoções intensas e as ações imprevisíveis são inevitáveis. E há tudo com tanta rapidez e sutilidade, que não há como escapar da morte. 
 
''Você é meu céu. Minha vontade eterna de ficar admirando, meu desejo inalcançável. Longe demais para ser tocado, mas perto o suficiente para ser vista. Se me perguntassem como é o céu ou do que ele é feito... Eu responderia que o céu é de esmeraldas.''
Esse livro realmente te faz viajar, te teletransporta para um mundo completamente diferente. A autora tem um dom incrível, acho que nunca li um livro com tantas metáforas - e eu amo metáforas, haha

Como já diz na sinopse, Asterix é o futuro planeta Terra, e o que conhecemos agora se chama de 'Anos perdidos'. Novas regras e leis surgiram, a raça humana foi aperfeiçoada e às vezes parece que tudo se encontra numa rede de surrealismo.

O início do livro nos mostra o dia a dia das duas amigas, Louise e Verônica, que têm uma profunda relação. Uma ligação super profunda mesmo, com o decorrer das páginas você vai entendendo melhor. Nos deparamos com a histórias dessas duas garotas, que vivem sem saber a verdade (ou as verdades) a respeitos dos seus passados.

Além de um show nas metáforas, uma parte muito interessante trabalhada foi no quesito descritivo. Uma narrativa muito bem explicada, com descrição bem detalhada das cenas - as situações vão passando na sua frente, sério.
O enredo é bem interessante, nunca tinha lido uma história parecida. O leitor tem que ficar sempre atento e prestando atenção nos mínimos detalhes para não ficar perdido - há muita complexidade envolvida. E vai passando a respeito do cotidiano das amigas, do quanto o 'planeta' mudou, o quanto as coisas estão mais desenvolvidas e até acham irônico como as pessoas dos 'Anos perdidos', no caso a maioria atualmente, negavam o conhecimento - no sentido de não gostarem de estudar. ''Por que alguém negaria o conhecimento?''

Confesso algumas vezes ter ficado um pouco perdida na história, procurando razões para tais acontecimentos. Contudo, os fatos iam sendo explicados, e isso tornava legal a busca incessante por respostas. O leitor sempre quer respostas para suas perguntas intrigantes, e quando o livro nos dá muitas questões, é uma reação involuntária não querer parar de ler.

A Vitória coloca emoção em cada palavra, você sente os sentimentos transmitidos em cada linha, e se entrega por completo nesse mistério.
''- Um bilhão de universos e eu estou aqui com você. Mais de um bilhão de um infinito de trilhões de possibilidades poderia impedir isso, mas estamos aqui.''
Sem deixar de dar ênfase nos quotes pra lá de tão fofos, não é?! Maravilhosos demais. Recomendo a história para todos aqueles que quiserem fugir da realidade, estiverem em busca de um mundo novo, que te faça esquecer tudo. Apaixone-se pelas metáforas e por esse novo universo, e ''Se me perguntassem o que é o céu ou de como ele é feito... Eu responderia que o céu é de esmeraldas.''

Você também pode encontrá-la em suas redes sociais:
https://www.facebook.com/vitoria.trombetta.7 https://twitter.com/domivique http://mundofinito.tumblr.com/ http://instagram.com/vitoriatrombetta
14/09/2014

Resenha: Fazendo meu Filme 1 - A estreia de Fani

Hellooooo girls, estão prontas para mais uma resenha hoje? Acredito que sim, então vamos lá! Como sou a nova resenhista do blog vim aqui mostrar um dos meus filhotes pra vocês, dessa vez o livro “Fazendo meu Filme volume 1 – A estreia de Fani” da fofíssima Paula Pimenta.


Sinopse:
Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. 
“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. 

-*-

Estefânia, ou melhor conhecida de Fani é uma adolescente de 16 anos, que é completamente apaixonada por filmes e séries, customizada caseira pois não vê muito interesse em sair todos os fins de semana, prefere fazer sessões intermináveis para assistir seus DVDs e como qualquer outra garota, possui seus sonhos, desejos, paixões, amigos, hobbys, expectativas e novas possibilidades de vida. Na sua escola tem sua melhor amiga Gabi, a amiga de infância Natália, o melhor amigo Leo e a inimiga Vanessa.

De início Fani nutre um amor escondido pelo seu professor Marquinho de Biologia e não enxerga quem realmente pode fazê-la feliz, ou melhor, o grande amor da sua vida que esteve sempre bem ao seu lado.

É então que Fani ver tudo de cabeça para baixo quando percebe que seu amor pelo professor não se passa de um amor platônico, o problema é que ao mesmo tempo que tudo começa a ficar bom, muitas coisas vão por água abaixo.  Fani se vê como a pessoa mais infeliz do mundo, e que de tudo que tenta nada dá certo! O amor de sua vida parece não gostar mais dela, a garotinha então, sofre muito por isso, mas claro, Leo estava lá do seu lado acolhendo a dor e fazendo-a esquecer dos problemas, um verdadeiro irmão fofo né?

De repente, a mãe sempre cuidadosa e preocupada com os estudos da filha, aconselha que Fani faça a prova de um intercâmbio para o país que desejar conhecer, de início Fani não ligou muito para isso de início, pois achava que os problemas adolescentes deveriam cair mais em mente do que essa viagem, então não colocou fé que iria passar, é então que seus pensamentos estavam enganados e ela realmente é aprovada no teste! A felicidade vem em tona na família, e o destino seria a Inglaterra durante 1 ano. Havia apenas uma pessoa triste nessa história *** Vamos deixar em off!

Todos os preparativos e a ansiedade para a viagem começam a chegar, mal sabe Fani que a pessoa amada está e esteve sempre ao seu lado, é até que com um empurrãozinho da melhor amiga Gabi, a personagem começa a notar que entre a amizade poderia existir mais um sentimento, porém já é tarde de mais, o intercâmbio aproxima-se cada dia mais e não haveria possibilidades de desistir nessa altura do campeonato, ela teria de seguir 1 ano longe de Leo, deixando suas relações pela metade, sem se quer ter nada ao certo!

A última cena retrata a despedida de Fani entre a família, amigos e o love no aeroporto (nem chorei, magina) deixando todo mundo com um gostinho de quero mais!

O mais agradável do livro é a maneira como a autora brasileira nos faz entrar na vida de cada personagem, vivendo, se identificando (olha eu aqui) ou até relembrando fases da sua adolescência (rsrs). Não pense que parou por ai, a Paulinha também descreve em cada início de capítulo frases principais de cada filme da enorme lista da Fani e expõe as conversas por email, bilhetinhos trocados na hora da aula, mensagens de celular e até mesmo as conversas via telefone! Não é um amor? Fora a capa lindaaaaaa do livro (segue a foto). Não se pode esquecer de que o livro prende-se completamente você do começo ao fim, então meio que você comprou, sentou e só sai de lá quando terminar hahaha!


Então galera! É isso, espero que tenham gostado e se apaixonado assim como eu me apaixonei Até a próxima, beijinhos!

Resenha: @pattzrob

Annielly Cavalcante. Advogada, escritora, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!


Se você detém o direito sob quaisquer das imagens aqui postadas, favor entrar em contato.
dearmasen@hotmail.com





Tecnologia do Blogger.