06/08/2014

Resenha: Uma mulher, um homem, um drink

 
Título: Uma mulher, um homem, um drink
Autor(a): Natalia Von Poser
Editora: Selo Eu amo escrever & Livros Ilimitados
Número de páginas: 212

Sinopse: Você acredita em destino ou acha que tudo acontece por acaso? Paula é uma psicóloga carioca que seleciona funcionários para telemarketing e conduz profundas pesquisas sobre marcas de margarina e finais de novelas. Ricardo é um ex marqueteiro que um dia desistiu de tudo para ser um feliz professor. Uma tarde, eles se encontram em uma noite quente de pré-carnaval no apinhado bar do aeroporto da cidade da garoa. Ricardo olha Paula, Paula não vê Ricardo. Ricardo oferece um drink àquela estranha que destoa de todo o cenário apressado e estressado paulista. E a partir daí, três histórias se desenrolam. Histórias que acontecem naquela única noite e que se alternam entre restaurantes da moda, casas de suingue, escolas de samba, e taxis. A partir daquele drink, as vidas de ambos e de todos que os cercam – o noivo, a melhor amiga, um garçom e mesmo um bebê vão ser postas à prova por um golpe do destino. 


***
 Surpreendente! Eu não poderia começar essa resenha de outra forma a não ser dizendo o quão surpreendida 'Uma mulher, um homem, um drink' me deixou. Uma sucessão de acontecimentos narrados de forma maravilhosa, e quando eu pensava que não podia ser surpreendida de novo, eis que a Natalia reservava ainda mais surpresas.

Paula é uma psicóloga que trabalha no ''Sonho de carreira, seleções e pesquisas'' fazendo algo que não lhe dava prazer. Mora em São Paulo por causa do emprego e viaja aos fins de semana para o RJ para ficar com seu namorado. Cansada do seu trabalho, do ambiente, da vida que estava levando, ela resolve abandonar tudo e ir investir no seu relacionamento com Fernando - que lhe dera um anel de compromisso, não de noivado. Sendo assim, Paula decide fazer uma surpresa e vai com tudo na quinta, não na sexta como é de costume.

Ah, mas como os imprevistos às vezes nos fazem bem! Para a Paula também não foi diferente, ouso dizer que sua vida inicia o plano de mudança quando no aeroporto conhece Ricardo - é, o carinha das costas largas- e quem diria que um drink poderia mudar vidas? Creio que nem Paula imaginava.

''O rapaz ali do bar está te oferecendo um drink.''

É, de fato a questão 'investir no relacionamento' foi bem usada, mas não com quem era esperado a princípio, haha.

A autora tem uma escrita leve e fácil de ser lida, isso torna a leitura muito agradável. Você é tomado por cenas hilárias, e essa dinâmica da mistura do romance com humor, juntamente com uma moderada pitada de suspense faz toda a diferença e prende sua atenção de uma forma fantástica.

''É casal?
Eram? Não, não eram.
Se não é casal é mais caro.
Então eram, né?
Entraram de mãos dadas.''
Sentada no bar do aeroporto, sendo observada por Ricardo, o mesmo lhe oferece um drink, e aí três histórias diferentes se desenrolam pra mostrar o que aconteceria de acordo com cada escolha que fosse feita. Essa foi uma jogada incrível! Nos faz tirar uma enorme lição desse livro. As consequências que ocorrem em nossas vidas são sim baseadas em nossas escolhas. Sabe aquele momento que você com medo de arriscar disse um 'não', quando na verdade o coração batia por dentro gritando que 'sim'? Pois bem, aquela positividade do momento podia ter te levado para um rumo nunca antes esperado. Ah, mas ainda há tempo.

Uma vez li uma frase muita conhecida que dizia ''O que é seu, dará uma maneira de chegar até você''. Porém faço questão de adicionar nela uma de Clarice Lispector que diz ''O que tiver de ser, será. Mas isso não significa que você deve esperar sentado''. Acho que se dá pelo fato de que sou um pouco ansiosa, não custa dar uma ajudinha ao destino.

E como o que tiver de ser, de fato será, Paula e Ricardo passam por situações que ambos nunca foram capazes de imaginar. Louca para contar certas partes, mas vou contem os spoilers para vocês ficarem na expectativa quando forem ler.

Definitivamente foi ''Uma mulher, um homem, um drink' e perfeitas horas de leitura. Não deixem de ler!

''Essa noite ela finalmente havia entendido. Entendido que não se deve conformar com o que é mais cômoda ou familiar. Entendido que o amor é mais complexo do que parece e acontece do nada e de forma completamente fulminante. Não avisa, não manda e-mail, não marca encontro, não pede pra ninguém te apresentar. Ele.simplesmente.aparece.''

Annielly Cavalcante. Advogada, escritora, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

7. Perseguição frenética

8. Conspiração na Babilônia

9. Quem dá as cartas?

10. O papel de parede amarelo do meu quarto

11. O núcleo da montanha

12. Em busca das borboletas

13. A vida como ela era

14. Nildrien, o pergaminho

15. Noturno

16. O menino feito de blocos

17. Mentes inquietas

18. Boomerang

19. O segredo da Crisálida

20. Curta-metragem

21. 360 dias de sucesso

22. Ecos da Alma

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!




Tecnologia do Blogger.