19/02/2022

Resenha: O visconde que me amava




Título: O visconde que me amava
Autor(a): Júlia Quinn
Número de páginas: 288
Editora: Arqueiro
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.

Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.

Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.

Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

''Anthony, que acabara de descobrir o que era amar, aprendeu o que era morrer por dentro.''

 

Olá, gente! Esse é um livro que quase não leio porque não tinha gostado da sinopse, me parecia aquelas histórias que enrolam bastante. Maaas, como tem um enemies to lovers, sempre vale a pena dar uma chance, né?


Anthony quer deixar a vida de libertino para trás e, para isso, começa a cortejar Edwina, aquela que ele e a temporada inteira considera como a candidata perfeita. Isso é até chato porque não gosto quando o livro endeusa uma personagem e fica colocando nas outras o pensamento de inferioridade. Isso é bem chato mesmo, mas relevei.


Acontece que Edwina só casa com quem a sua irmã, a Kate, aprovar e, devido a fama do visconde, não é de se espantar que ela seja contra. Anthony, então, precisa convencer a Kate de que merece casar-se com a sua irmã, mas, claro, durante essa aproximação, ele se dá conta de que é ela que não sai dos seus pensamentos, ao passo em que Kate percebe que Anthony não é o homem ruim que pensava.


A autora consegue pegar um enredo aparentemente previsível e transformá-lo por completo de modo a prender o leitor. Ela mistura o romance com o drama e ao mesmo tempo com cenas divertidas o que não deixa a leitura monótona. Tá sempre acontecendo alguma coisa e sem parecer forçado.


O único contra é que, no começo, essa necessidade de aprovação da Kate é cansativa, porque fica parecendo que a irmã não tem vontade própria. 


Os prós são vários e fazem cada minuto da leitura valer a pena. Ambos os personagens possuem seus traumas, coisas que ninguém imagina, e se ajudam nisso. Há tormentos que precisam superar. Se identificam bastante porque uma das coisas que mais temem é demonstrar fraqueza. Eles crescem como pessoa e essa evolução é visível. 


Outro ponto positivo é que essa implicância não vai até o final do livro. Eu não gosto quando todos os problemas do livro deixam para ser resolvidos só no final. Então, ainda bem por isso.


Os personagens foram bem construídos e você se apega fácil. Esse é um dos melhores livros da Júlia Quinn que já li. Eu tava lendo ''Gente ansiosa'', mas parei para ler esse e terminei numa noite. Se você gosta de um enemies to lovers, precisa ler esse!


Já leram?

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Oi Anni,
    Eu gostei bastante desse livro! Adooooro a Kate e acho que a química dela com o Anthony foi perfeita.
    Mas é claro que meu favorito é o Colin ♥
    Não vejo a hora de vê-los na Netflix também!
    beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale. A química deles é perfeita, amei esse livro.
      Não sei se já li o do Colin porque sou ruim para guardar nomes, mas vou procurar aqui para conferir.
      beijos!!

      Excluir
  2. Olá!
    Amei ver esse livro aqui, já está há muito tempo na minha lista de leituras mas, ainda não consegui ler.
    Eu amo as capas dos livros dela, acho clean e dá uma sensação bem gostosa e vontade de ler.
    Vou tentar colocar antes de algumas leituras.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa.
      Recomendo essa leitura, até agora foi um dos melhores livros da Júlia Quinn que já li (leio a série fora de ordem). Você vai adorar esse!
      beijos

      Excluir
  3. Oi, Anni. Como vai? Que bom que o livro tenha lhe agradado. Parece ser bom, principalmente para quem curte muito este gênero. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano. Vou bem e você?
      É um excelente romance de época. Recomendo!

      Excluir
  4. Olá, Anni!
    Ainda não li nenhuma obra dessa autora mas eu adoro romance de época.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Anni.
    Esse livro é o meu segundo favorito da série. Mas o casal e o primeiro hehe. Pena que desanimei dos livros da Julia, só gostei dessa série mesmo. Eu também tenho um nervoso quando deixam para resolver tudo nas duas ultimas páginas do livro. Custa ir resolvendo aos poucos para não ficar corrido?

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi
    que bom que resolveu dar uma chance a leitura e que gostou, eu adoro esse casal, um dos meus livros preferidos da série, gosto do livro do colin e da Eloise também. Estou bem curiosa para ver esse casal na tela.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Confesso que também não gosto quando insistem em endeusar apenas uma personagem, mas fico feliz que você tenha tido uma boa experiência com esse livro. Eu particularmente, ainda não li nada da autora.
    Depois nos traga a resenha de Gente Ansiosa, eu só assisti a adaptação da série na Netflix.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  8. Eu também fico agoniada quando ficam endeusando apenas um personagem e os outros "não são dignos". Me dá agonia, sabe? Mas que bom que, mesmo com as ressalvas, foi uma boa experiência.
    E sim, isso acontece de vez em quando, de parar um livro e devorar outro que nem estava nos planos, haha.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  9. Que bom que os prós foram bem maiores que o contra, e que você gostou da leitura :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

Olá, tudo bem?
Anônimo está liberado, seja educado!
Qualquer dúvida e/ou sugestão, você pode entrar em contato comigo através do e-mail dearmasen@gmail.com
Não esquece de seguir o blog ❤
Obrigada!

Advogada, escritora, resenhista crítica literária, embaixadora da Editora Hábito, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Encontre no blog

EMBAIXADORA

EDITORAS PARCEIRAS

PARCERIA COM AUTOR

PARCERIA COM AUTOR

QUERIDINHOS DO MÊS

Me encontre no instagram

Moradores de Masen

Arquivos

Pode falar comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!




Tecnologia do Blogger.