14/07/2015

Resenha: Sempre foi você

Título: Sempre foi você - Trilogia Amores traçados
Autor(a): Ana Lemos
Editora: Novo Século
Número de páginas: 262
Sinopse: Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos breves e decepcionantes relacionamentos. No entanto, esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma “forcinha do destino” ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso. Marco Salvatore é uma lenda dos tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos. O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor?
###
''Amanhã vou sussurrar em seu ouvido tudo o que pretendo fazer com você até o amanhecer e gostaria que você estivesse usando esses brincos.''
Sabe quando você começa a ler um livro e não consegue mais parar, mas ao mesmo tempo também não quer que ele acabe? Conhecem a sensação desse dilema? Foi exatamente isso que aconteceu com ''Sempre foi você''. A sinopse já havia me deixado cheia de expectativas e, ao iniciar a leitura, tenho a surpresa de todas elas serem superadas. 

Conforme já foi dito, quando Lucy passa a morar em Nova York tudo o que ela mais queria era concluir com êxito a sua faculdade de Direito e, é no último ano da faculdade, em que ela conhece Marco Gato Perfeição Queropramim Salvatore - aquele que virá a ser o seu orientador. Lucy passa a conviver todos os dias com o seu tutor, um excelente profissional que irá lhe auxiliar no seu projeto de conclusão de curso. Contudo, não esperavam que a atração e o desejo mútuo fosse imediato, esse fato muda completamente o rumo de tudo.

Uma das coisas que mais gosto em um livro é quando o enredo não enrola para desenvolver os fatos e, ainda assim, consegue fazer com que as coisas se encaminhem sem deixar peças soltas, e foi exatamente isso que vi por aqui. Em momento nenhum a leitura fica cansativa, pelo contrário, cada página sempre pede por outra. A autora possui uma escrita fácil e agradável de ser lida, outro ponto positivo que deve ser levado em questão.

Abra o livro ciente de que você só vai interromper a leitura se for para fazer algo estritamente necessário, por que cada página te deixa ansiando por mais e mais. Marco e Lucy engatam num romance ''secreto'', tendo em vista a situação na qual se encontram.

''Só faltava ele pensar que, no primeiro dia de trabalho, eu já estava flertando com um dos sócios. Oh, shit.''

Porém, como nem tudo são flores, algo acontece fazendo com que o casal se desentenda, mas creio que esse acontecimento serviu para amadurecer a relação e firmar mais a confiança de um pelo outro. Não vou dizer o que foi, okay? Nada de spoilers por aqui, nem se preocupem.

Além de todas as cenas maravilhosas entre os pombinhos, outra coisa muito legal no livro que eu acho necessário dar ênfase: a relação de amizade. Eu não gosto quando leio um livro onde os amigos são super intrometidos e querem ditar a vida da mocinha. Mas aqui não é o caso, existe um companheirismo, uma ligação. São cúmplices, se assim posso dizer. Anna, melhor amiga da Lucy, praticamente sua irmã, é dessas que sabe levantar seu astral e lhe dizer não aquilo que você quer ouvir, mas o que você precisa. Amizade, antes de tudo, requer sinceridade, certo? Não só a Lucy, mas muitos outros amigos da personagem principal dão leveza ao enredo.

''Pela primeira vez em minha vida, não tinha pressa em me livrar da mulher que estava em minha cama, ao contrário, queria ela ali, exatamente como estávamos, abraçados e felizes.''

''Sempre foi você'' é um romance delicioso de ser lido, que te faz suspirar a cada página e desejar sempre mais. Uma história onde o personagem deixa o orgulho bem fechado dentro de uma gaveta quando está ciente de que fez coisa errada e vai atrás em busca de consertar seu erro. Tem coisa melhor do que isso? Costumo dizer que um livro é considerado bom, por mim, quando eu termino de ler e sei que o leria de novo. Nem preciso dizer mais nada, não é? 


O final, como todo bom livro que se preza, deixa com gostinho de quero mais, e já estou me perguntando quando lança o próximo. ''Sempre foi você'' faz parte de uma trilogia, mas os livros são independentes. 
  
Você pode entrar em contato com a Ana Lemos através do e-mail analemos.livros@gmail.com ou encontrá-la em suas redes sociais:
 imageimageimage
Conheciam esse livro? Já leram?

Annielly Cavalcante. Advogada, escritora, perfeccionista, metade anáfora, metade metáfora e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!


Se você detém o direito sob quaisquer das imagens aqui postadas, favor entrar em contato.
dearmasen@hotmail.com





Tecnologia do Blogger.