30/07/2014

Resenha: Princesa Adormecida.


Oiii gente!! Primeiramente eu queria me desculpar por não ter postado esses dias, mas é que eu estava sem inspiração e estava me dedicando aos estudos. ( Já que eu fiquei com vermelha em algumas matérias).
Mas eu espero que volte a ser como antes, e claro que irei me dedicar mais. 

Hoje eu venho com mais uma resenha. Desse vez do livro Princesa Adormecida, da Paula Pimenta.


Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Ms essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tura só existia nos livro. Meu cotidiano era normal, Tá, quase normal. Vivia com meus(super-protetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menos ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...

-*-

Áurea Roseanna, ou melhor, Ana rosa tem 16 anos e sempre esperou agir como uma adolescente normal. Porém, os seus três tios super-protetores que cuida dela desde os 5 anos de idade, não deixa ela ter sua vida social e ser como qualquer menina normal. Ela sempre se perguntou o porquê disso tudo, oque ela não imaginava é que atrás dessa égide proteção teria muitas histórias a ser esclarecida.



Oque eu achei legal na história é que esses três tios super-protetores ficaram no lugar das três fadas- fauna, primavera e flora-, que foram fundamentais na vida dela. E também tem a questão dos nomes dos personagens. A Áurea fez o papel da Aurora e a Marie Malleville, da Bruxa Malévola.

A autora conseguiu fazer com que os personagens e elementos que ela criou na releitura não desfocasse da história original, oque faz com que o livro se torne original.

Eu não tinha nada para fazer, lembro que era de "madrugada" e tinha acabado de terminar de ler A Menina que Roubava Livros (Nem chorei, magina), e como minha amiga tinha dito que esse livro fluía naturalmente e tinha que ler em um dia que não tinha nada para fazer, resolvi começa-lo. E ela estava certa. Comecei meia noite e terminei as duas, sem parada. Bati meu record.

Não tenho oque falar, a história é cativante do tipo "eu tenho que saber oque acontece depois" e não deixa você desgrudar do livro. Claro, se você gostar desse gênero, oque é o meu caso.

Fiquei ansiosa quando anunciou que o livro iria sair. Adoro a Paula, a maneira de como ela escreve é de me dar inveja.

Tenho que agradecer a minha amiga Yasmin por ter comprado (claro que depois eu paguei), mas se não fosse por ela eu não teria o livro com o autógrafo da Paula em mãos. Já disse isso, mas obrigada Yami!!





Encontre-me em:
@amityhere l Our Contellations

28/07/2014

Resenha: Enviada

Heeey! Trazendo agora a resenha de um livro que eu fiquei completamente apaixonada. Enviada é um livro publicado pela Chiado Editora, e que, em breve sairá na Editora Selo Jovem também. O livro é do nosso autor parceiro Sérgio Pereira, confiram:
 
Título: Enviada
Autor: Sérgio Pereira
Editora: Chiado Editora (em breve sairá pela Editora Selo Jovem)
Número de páginas: 230

Sinopse: Tudo havia se tornado turvo em minha mente. Talvez fosse mais um dos meus sonhos esquisitos. Porém, não era. Frederik perdera suas asas. Meu Anjo se fora para talvez nunca mais voltar para mim. Eu tinha que me convencer que ele estava realmente morto... Angela Petre, uma doce garota de dezesseis anos marcada pela extrema preocupação de sua mãe em mantê-la sã e salva, sonha em encontrar seu par perfeito até conhecer Frederik, o primo de sua melhor amiga. Mas tudo leva a um rumo não imaginado por ela: Frederik é morto diante dos seus olhos em pleno Ano Novo. A tremenda mudança de rotina a leva a sair de Viena, na Áustria, para viver no Rio de Janeiro por ordem de uma misteriosa mulher, ou melhor, de um Arcanjo, que lhe conta toda a sua verdadeira origem e o porquê das suas mudanças repentinas de cidades e cidades. Na Cidade Maravilhosa, Angela conhece Dimitri Costa, seu mais novo amigo, que mais parece seu Anjo da Guarda e Gustav Reltih, um garoto misterioso que oculta em seus olhos negros um grande segredo que ela insiste em descobrir. Logo, os três formam um triângulo amoroso, então, ela se vê diante de uma escolha que nunca poderia dizer que faria um dia: escolher o Bem ou o Mal? Qual lado escolher e qual saber o certo? 


***
Sabe quando um livro prende sua atenção desde o comecinho? Desde o começo mesmo? Foi exatamente isso que aconteceu quando iniciei a leitura de Enviada. A história tem o poder de aguçar sua curiosidade em cada parágrafo e você logo se vê envolvido(a) nela, isso é impossível de evitar.

Angela leva uma vida normal com os pais. Bem, não tão normal, visto que sua mãe é uma pessoa muito protetora. Isso deve ser levado em consideração por que não é uma proteção normal, a mãe dela é extremamente protetora de uma forma que às vezes parece insana, devido ao fato do completo exagero em seus cuidados - e isso aborrece muito sua filha. Qual é?! Ela é uma adolescente como outra qualquer, só quer sair, estudar, se divertir com os amigos... Não é necessário trancá-la a sete chaves. Será?

As coisas mudam radicalmente durante a festa de ano novo, no meio de um ataque sobrenatural, Frederik - primo da sua melhor amiga e seu atual namorado- é morto na sua frente. Calma! Isso não é spoiler, tem até na sinopse. Digamos que é a partir daí que os fatos começam a se desenrolarem e pode apostar que de uma forma incrível.

Angela se muda, descobertas vão sendo feitas, e o enredo nunca cai na monotonia. A cada capítulo que passa as coisas tendem a ficarem ainda mais perfeitas, é maravilhoso de ver a criatividade do autor, os detalhes bem escritos.

O livro mostra a batalha do bem e do mal. Por qual razão Angela vinha sendo atacada? Isso tem relação com a super proteção da sua mãe? No novo colégio Angela conhece Dimitri e Gustav, e aí mais peças vão se encaixando.

''Uma filha Dele será enviada para livra-nos do pecado mundano, porém, um filho Daquele que foi renegado por Ele também virá, para interferir nos planos.''

Ela terá que escolher entre seu anjo da guarda e o anjo da morte, e todos nós sabemos que não tem como mandar no coração. 

Inicie a leitura ciente de que não conseguirá parar até ter terminado o livro inteiro, a história lhe conquista rapidamente e sua atenção não vai conseguir ser desviada. Dizer que  eu amei a história parece pouco. Indico demais!

Eu quero a continuação o mais rápido possível, please!

Annielly Cavalcante. 23 primaveras. Acadêmica de Direito, escritora, perfeccionista, louca por anáforas, metáfora pura e uma romântica nata.

Pesquisando algo?

últimas leituras

Queridinhos do mês

Próximas resenhas

1. Gaia, a roda da vida

2. A borboleta, o sonho e o corvo

3. Entre dois mundos

4. Até quando? - Parte 1

5. A caverna cristalina - Vol. 1

6. As vozes da floresta

Amorzinhos

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyrights


Todos os direitos reservados - Copyright ©
Conteúdo autoral. Proibido todo e qualquer tipo de cópia. Plágio é crime!


Se você detém o direito sob quaisquer das imagens aqui postadas, favor entrar em contato.
dearmasen@hotmail.com





Tecnologia do Blogger.